Bebê dinossauro prestes a nascer é encontrado em ovo de 66 milhões de anos

Professor usa roupa alusiva à Ku Klux Klan e é afastado de escola em SP
22 de dezembro de 2021
Covid: cientistas avaliam possível elo entre surgimento de variante ômicron e HIV não tratado
22 de dezembro de 2021
Cientistas anunciaram nesta terça-feira (21) a descoberta de um embrião de dinossauro perfeitamente preservado, que data ao menos de 66 milhões de anos atrás e que se preparava para sair do ovo.
O fóssil foi encontrado em Ganzhou, no sul da China, e pertence a um dinossauro terópode sem dentadura, ou ovirraptossauro, que os cientistas chamaram de “bebê Yingliang”.

“É um dos melhores embriões de dinossauro já encontrados”, disse à AFP a pesquisadora da Universidade de Birmingham Fion Waisum Ma, coautora da publicação na revista iScience. Ma e seus colegas encontraram o embrião com a cabeça posicionada debaixo do corpo, os pés dos dois lados e as costas encurvadas, uma postura que não tinha sido observada antes em dinossauros, mas que é similar às das aves modernas.

Nas aves, este comportamento é controlado pelo sistema nervoso central e se chama “dobramento”. Os pintinhos que se preparam para sair do ovo põem a cabeça debaixo da asa direita para mantê-la estável enquanto quebram a casca com seus bicos. Os embriões que não conseguem fazer esta posição têm mais chances de morrer por uma eclosão fracassada.
Leia mais (12/21/2021 – 18h31)

Os comentários estão encerrados.