Forças Armadas exigem vacinas de militares, mas não contra a Covid-19

Heleno autorizou exploração de diamantes em terra de reforma agrária na fronteira
24 de dezembro de 2021
Baixa oferta e demanda forte fazem preço da champanhe borbulhar
25 de dezembro de 2021
As Forças Armadas permitem que militares da ativa deixem de se vacinar contra a Covid-19, embora haja obrigatoriedade estabelecida para imunização contra febre amarela, tétano, hepatite B e outras doenças.
Leia mais (12/24/2021 – 23h15)

Os comentários estão encerrados.