Grávida perde bebê na China após hospital negar atendimento por falta de teste de Covid

Hospital das Clínicas em SP tem 56 colaboradores afastados com Covid
7 de janeiro de 2022
Parlamento da França aprova passe vacinal, em vitória política para Macron
7 de janeiro de 2022
Um aborto espontâneo sofrido por uma mulher que havia sido impedida de entrar em um hospital da cidade de Xian, capital da província de Shaanxi, levantou duras críticas à estratégia de “Covid zero” adotada pela China e levou a uma rara retratação pública de autoridades ligadas ao regime comunista.
Leia mais (01/06/2022 – 12h24)

Os comentários estão encerrados.