Legado de 6.500 leitos de UTI é visto como conquista que ficou abaixo do esperado por estados

Justiça do Paraná manda Terça Livre retirar do ar vídeo com acusações contra Moro
31 de dezembro de 2021
Partidos aliados ampliam pressão contra apoio de Dino a tucano como sucessor
31 de dezembro de 2021
Anunciada pelo ministro Marcelo Queiroga (Saúde) nesta quinta (30), a manutenção de 6.500 dos cerca de 11 mil leitos de UTI criados na pandemia foi vista pelos estados como conquista para o Sistema Único de Saúde, mas que, enquanto legado, ficou aquém do que poderia.
Leia mais (12/30/2021 – 23h00)

Os comentários estão encerrados.