PF ainda investiga ataques hacker e ‘megavazamento’ de dados um ano depois

Globo de Ouro 2022 não terá celebridades nem imprensa e mira na filantropia
5 de janeiro de 2022
BlackBerry encerra serviços de sua linha de smartphones
5 de janeiro de 2022
O balanço das investigações de ciberataques decepciona. Os principais ataques hacker a órgãos do governo durante a pandemia e a investigação sobre o caso do “megavazamento” -a venda de dados pessoais de 223 milhões de brasileiros na internet-, ocorrido há cerca de um ano, ainda estão sem resposta.
Leia mais (01/04/2022 – 10h00)

Os comentários estão encerrados.