Após reportagem, mineradoras abrem mão de 95 pedidos de pesquisa em terras indígenas

Um dos mais antigos do país, clube negro gaúcho surgiu para enterrar corpos de escravizados
14 de maio de 2022
Exército nega apoio para comitiva parlamentar visitar terra yanomami
14 de maio de 2022
Empresas do grupo Santa Elina, do empresário Paulo Carlos de Brito Filho, desistiram de 95 pedidos de pesquisa mineral em terras indígenas (TIs) após questionamentos da Repórter Brasil e, com isso, deixaram de liderar o ranking de requerimentos que afetam territórios protegidos.
Leia mais (05/13/2022 – 09h00)

Os comentários estão encerrados.