As mídias sociais e o anonimato no país

Real Madrid e Manchester City celebraram o futebol com partida emocionante
8 de maio de 2022
O Brasil precisa de paz
8 de maio de 2022
Um perfil no Twitter propaga desinformação sobre a guerra na Ucrânia. Um usuário do Instagram envia fotos de uma arma a um jogador do seu time. No YouTube, uma conta publica um vídeo de teor racista. Em um grupo do Telegram, para milhares de outros integrantes, um participante divulga uma mentira sobre uma candidatura na própria eleição. O que pode haver em comum entre todos esses casos? A disseminação de conteúdo criminoso ou simplesmente falso em mídias sociais, tornada possível pela perspectiva de não se responsabilizar o seu autor, jamais identificado.
Leia mais (05/07/2022 – 21h00)

Os comentários estão encerrados.