Dados do usuário do Grindr estão à venda há anos, diz jornal

Celular de premiê da Espanha foi grampeado com app de espionagem Pegasus
3 de maio de 2022
UE acusa Apple de abuso de poder em pagamentos móveis
3 de maio de 2022
Dados de milhões de usuários do aplicativo de namoro gay Grindr foram coletados de uma rede de publicidade digital e disponibilizados para venda, segundo o Wall Street Journal.
Leia mais (05/02/2022 – 11h16)

Os comentários estão encerrados.