Decisão de Moraes a favor de Aras frustra procuradores que atuavam nos bastidores contra o PGR

STJ deve julgar recurso de Bolsonaro contra indenização de R$ 150 mil por homofobia
10 de setembro de 2021
Covid-19 atinge mais de mil alunos no primeiro mês de volta às aulas em SP
10 de setembro de 2021
A decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes de suspender a análise de um novo pedido de investigação contra o procurador-geral da República, Augusto Aras, frustrou procuradores que acusam o chefe do Ministério Público Federal de omissão e atuam nos bastidores por uma reprimenda.
Leia mais (09/09/2021 – 23h16)

Os comentários estão encerrados.