Fiscalização de post de ódio não entende português, sugere ex-funcionária do Facebook

Leitor elogia charge de Laerte
13 de novembro de 2021
Foto é retirada de contexto para sugerir aliança entre Alexandre de Moraes e Renan Calheiros
13 de novembro de 2021
A cientista de dados Frances Haugen, ex-funcionária do Facebook que liberou à imprensa documentos da empresa após deixar seu cargo em maio deste ano, critica a falta de transparência dos investimentos feitos pela companhia para combater desinformação e discurso de ódio na América Latina e em países como Mianmar e Índia.
Leia mais (11/12/2021 – 04h00)

Os comentários estão encerrados.