Fóssil de suposto pterossauro ‘perde asas’ e vira duas espécies

Agora só vou com mulher
10 de maio de 2022
A música que tira do prumo, a epilepsia musicogênica
10 de maio de 2022
Pesquisadores brasileiros podem ter elucidado um estranho caso de troca de identidades que remonta a 225 milhões de anos atrás, no começo da Era dos Dinossauros. Segundo os cientistas, fósseis do Rio Grande do Sul originalmente classificados como um dos mais antigos répteis voadores do mundo na verdade correspondem a animais terrestres -e a duas espécies diferentes.
Leia mais (05/09/2022 – 08h00)

Os comentários estão encerrados.