Justiça argentina retira acusação contra Cristina Kirchner em caso ligado a atentado à Amia

Os sapos do tamanho de uma moeda que Brasil pode perder antes mesmo de conhecer
7 de outubro de 2021
A Fazenda 13: Erika Schneider é a terceira eliminada do reality
8 de outubro de 2021
A Justiça da Argentina encerrou nesta quinta-feira (7) um processo ligado ao atentado contra a Associação Mutual Israelita Argentina (Amia), em 1994, após considerar que não houve crime, livrando a atual vice-presidente Cristina Kirchner da acusação de acobertar os responsáveis pelo ataque que deixou 85 mortos e 300 feridos.
Leia mais (10/08/2021 – 00h16)

Os comentários estão encerrados.