Nível de hidrelétricas terá de dobrar em 2022, mas chuvas trazem confiança, diz ONS

A extinção do feijão com arroz
13 de novembro de 2021
Você deixou saudade
13 de novembro de 2021
O nível dos reservatórios da região Sudeste/Centro-Oeste, onde estão localizadas as principais hidrelétricas brasileiras, praticamente terá de dobrar até o final do período úmido, em abril de 2022, para o país voltar a registrar algum alívio em termos energéticos, e isso é possível, disse à Reuters o diretor-geral do ONS, Luiz Carlos Ciocchi.
Leia mais (11/12/2021 – 23h41)

Os comentários estão encerrados.