O mimimi dos reacionários é manifestação da covardia ressentida

Pela Covid, repensar viagens internacionais de fim de ano pode ser necessário
19 de novembro de 2021
‘Vacina ainda funciona para a quarta onda?’, perguntam-se alemães
19 de novembro de 2021
Há pessoas bastante preocupadas com o que consideram “mimimi” excessivo e patrulheiro de mulheres, comunidade LGBTQIA+, negros… A militância identificada com a defesa dos direitos dessas comunidades e a adesão de meios de comunicação e empresas a seus valores constituiriam um misto de censura e exclusivismo moral, escrevendo, então, a cartilha de um novo autoritarismo, essencialmente hipócrita porque, na fórmula conhecida, seria a homenagem do vício à virtude.

Pois é… A muitos cansa, então, a reivindicação de mais direitos ou da correção da linguagem por um padrão que, ao se pretender mais inclusivo, imporia limites à liberdade de expressão. Entendo o ponto. Mas a mim, confesso, cansa mais o chororô dos que veem cassada a licença que lhes parecia tão natural, caída da árvore dos acontecimentos, para atacar os humilhados de sempre. Ou para transformá-los em alvos de riso ou escárnio. Ou para submetê-los ao enxovalho público. Seu pecado essencial? Ser quem são. O mimimi dos reaças é só manifestação da covardia ressentida.
Leia mais (11/18/2021 – 21h49)

Os comentários estão encerrados.