Procuradores nos EUA abrem investigação sobre efeito do Instagram em crianças

Déia Freitas, Fatou Ndiaye e Gabi de Pretas: veja a história de influenciadoras negras que são sucesso nas redes
19 de novembro de 2021
Pela Covid, repensar viagens internacionais de fim de ano pode ser necessário
19 de novembro de 2021
Uma coalizão de procuradores-gerais estaduais dos Estados Unidos anunciou nesta quinta-feira (18) abertura de uma investigação contra o Facebook, que trocou de nome para Meta, por promover o Instagram entre crianças apesar de potenciais efeitos negativos sobre elas.
Leia mais (11/18/2021 – 18h55)

Os comentários estão encerrados.