Redes sociais turbinam polêmicas também na ciência psicodélica

Pesquisa inédita no Brasil busca novas variantes da Covid-19 no país
14 de maio de 2022
Média de casos de Covid no Brasil volta a superar 17 mil por dia
14 de maio de 2022
Esqueça aquela conversa segundo a qual pessoas que tomam e pesquisam psicodélicos são mais tolerantes, compassivas e pacíficas. As redes sociais estão aí para tirar todo mundo do sério, inclusive psiconautas, em especial quando se trata de conquistar ou preservar notoriedade (e verbas de pesquisa, claro).
Leia mais (05/13/2022 – 17h39)

Os comentários estão encerrados.