Tesla terá que pagar US$ 137 milhões a ex-funcionário vítima de racismo

Mais mitos do ESG
6 de outubro de 2021
Microsoft libera Windows 11; saiba como atualizar
6 de outubro de 2021
A Justiça da Califórnia condenou a fabricante de carros elétricos Tesla a pagar uma indenização de US$ 137 milhões (R$ 748 milhões) a um ex-funcionário negro, por ter fechado os olhos para o racismo que ocorria em uma de suas fábricas, o que envia uma forte mensagem ao mundo corporativo, assinalou o advogado da vítima.
Leia mais (10/05/2021 – 23h43)

Os comentários estão encerrados.