A maternidade segundo a renda

O grande empurrão para sustentabilidade
10 de maio de 2022
Freixo representa contra Castro por improbidade envolvendo filha de Eduardo Cunha
10 de maio de 2022
Existe uma realidade um tanto quanto cruel de como o direito à maternidade se apresenta de forma distinta para as mulheres de diferentes condições de renda e emprego no Brasil: para algumas, a carteira assinada lhes confere o direito à interrupção ?remunerada? de seus empregos por ao menos quatro meses, com garantia de retorno ao seu posto de trabalho, enquanto que para outras, a única saída para a garantia da renda é o retorno imediato ao trabalho após o parto, com matrícula em berçário, quando uma vaga pública está disponível.
Leia mais (05/09/2022 – 23h15)

Os comentários estão encerrados.