Cientistas criam creme anti-inflamatório e protetor solar com restos de pequi

Brasileiro que descobriu o maior cometa já visto no Universo diz: ‘Foi um acaso’
21 de novembro de 2021
Luto prolongado passa a ser doença psiquiátrica a partir de 2022
21 de novembro de 2021
Conhecido por suas aplicações na indústria farmacêutica, de cosméticos e na culinária, o óleo de pequi (Caryocar brasiliense) é extraído a partir da polpa e da amêndoa do fruto originário do cerrado. No entanto, o que sobra após esse processo (cerca de 90% da massa) geralmente é descartado, gerando um desperdício que pode chegar a centenas de toneladas por ano.
Leia mais (11/20/2021 – 13h06)

Os comentários estão encerrados.