‘Era necessário local de fala para dar um basta’, diz Contarato, senador da CPI, após ataque homofóbico

Ex-ministros de FHC e Dilma assinam manifesto em defesa de políticas de direitos humanos
1 de outubro de 2021
Lá vem Moro, de novo, como o salvador! É o ‘Feitiço do Tempo’
1 de outubro de 2021
Após ter confrontado diretamente o autor de um ataque homofóbico durante sessão da CPI da Covid, o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) afirma que pensou duas vezes antes de expor sua família, mas considerou que era necessário se posicionar para que outras pessoas não passem pela mesma situação.
Leia mais (09/30/2021 – 19h33)

Os comentários estão encerrados.